DA SINGULARIDADE HUMANA À INDISCIPLINA ESCOLAR: UMA ANÁLISE SEGUNDO A FILOSOFIA CLÍNICAMENTO FILOSÓFICO (2016)

Tainara Aline Munaretto de Oliveira

Resumo

 

Este artigo faz uma análise da indisciplina escolar com base nos princípios teóricos da Filosofia Clínica. A indisciplina foi objeto de pesquisa de um projeto de intervenção (PI) realizado em uma escola do município de Concórdia – SC, durante o curso de especialização em Coordenação Pedagógica oferecido pela Universidade Federal de Santa Catarina. Neste, percebeu-se que a indisciplina é um assunto complexo, atravessado por diversas circunstâncias e que para sua compreensão, é relevante um aprofundamento na singularidade de cada caso. Por isso, optou-se pela abordagem teórica da Filosofia Clínica, um método psicoterápico estruturado pelo filósofo Lúcio Packter, baseado no respeito à unicidade humana. Procura-se fazer uma adequação do enfoque teórico da Filosofia Clínica ao trabalho pedagógico em sala de aula, a fim de melhor compreender os casos convencionalmente chamados de indisciplina. Trata-se de uma opção metodológica que se mostrou adequada às informações coletadas na pesquisa, pois considera relevante o diálogo com o grupo de professores, pois são eles os atores que mais revelam suas inquietudes com essa problemática. 

Palavras-chave: filosofia clínica; indisciplina; singularidade humana. 

 

Abstract

 

This article analyses the scholar indiscipline based on the principles of the clinical philosophy. The indiscipline was object of a research to a intervention Project (IP) held at a school in the town of Concórdia during a course on specialization on educational coordination, offered by the Federal University of Santa Catarina. In this, it has been noticed that indiscipline is a complex subject, going through many circumstances and to understand it, it’s important to go deeply on the singularity of each case. Because of that, it was chosen the theoretical approach of the clinical philosophy, that is, a method of psychotherapy structured by the philosopher Lucio Packter, based on the respect of the human singularity. We try to adapt on the theoretical beginning of the clinical philosophy with the educational work in the class for a better understanding of the cases conventionality called indiscipline. It’s a methodological option that seemed to be right for the acquired informations by the research, because it considers important the dialogue with the teachers group because they are the actors that more frequently reveal their anxieties about this problem.

Keywords: clinical philosophy; indiscipline; human singularity. 

Português
English - Em breve